sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Tu.

Tudo por o que lutaste durante meses está cada vez mais longe, escapando-te por entre os dedos como se fosse areia. Por mais que tentes evitar ou tentes contornar as situações, mais tarde ou mais cedo acabam por te levar ao mesmo lugar: à dor.

(...)Moldaste-me naquela mulher sensual que sempre quis ser, mas num piscar de olhos arrancaste-me o coração com a tua cobardice. Quero odiar-te, mas amo-te. Quero esquecer-te mas estás em todo o lado. Quero que esta dor pare, que este amor se desvaneça de uma vez por todas... Isto não me faz bem, amar-te assim e ter que deixar-te ir. Não me faz bem chorar por ti e tu ai me falando de forma fria. Não me faz bem suplicar para que voltes sabendo que todos têm razão!! Estamos destinados ao fracasso! Por mais que tentemos não dá e, sinceramente, duvido que alguma vez dará. Gostava de amanhã poder acordar e nem me lembrar do teu nome. Não quero, mas preciso, esquecer-te de vez...

domingo, 15 de dezembro de 2013

Pra' quê falar de amizade?

Só sei falar de amor, de desilusões e tudo o que tenha a ver com almas-gémeas... 
Para quê falar de amizade se amigas não tenho? Nop. Apenas tenho irmãs espalhadas por ai, e elas sabem o quanto são importantes para mim mesmo que já não falemos tanto como antes. Umas até podem ter-se esquecido de mim, mas a nossa amizade sempre permanecerá. Amo-vos lindas*

A Ilusão em pessoa

Quando abri os olhos a luz do sol bateu-me nos olhos fazendo com que eu os rapidamente voltasse a fechar. Às apalpadelas sai da cama e fui para a casa de banho lavar a cara. Abri lentamente os olhos e, olhando para o meu reflexo, tentei decifrar o que se tinha passado na noite anterior pois eu estava de roupa interior e de cabelo completamente despenteado. 
Após tentar domar o cabelo, regressei para o meu quarto e fiquei estupefacta assim que me cheguei ao pé da cama... Estava ali deitado um homem moreno e musculado de cabelos negros! Mas quem era ele?! 
De repente ele agarra-me, puxa-me para dentro da cama e beija-me apaixonadamente. Não sabia o que fazer! Sussurrou-me ao ouvido para relaxar e apenas me deixar levar.
Acariciou-me os lábios com o pulgar e simultaneamente olhou-me nos olhos com desejo. Beijou-me novamente. Os seus lábios eram tão suaves e doces que provocavam em mim este desejo que querer mais e mais. Inspiro, expiro, suspiro. Ele toca-me suavemente... os seus movimentos são tão rápidos e ágeis que me impedem de me desenlaçar da fantasia... gemido... Ele prende-me em seus braços puxando-me mais e mais rápido para ele. Estamos tão perto do precipício, tão longe da realidade. Inspiro, expiro, suspiro. Não quero que ele pare... gemido... Caímos no precipício, ofegantes, beijámo-nos... Adormeço.
Voltei a abrir os olhos, está de noite, está escuro e estou sozinha na cama. Levanto os lençóis e vejo que o meu corpo está coberto por pijamas. Bocejo. Saiu desastradamente da cama e percorro a casa, porém não há sinal de ninguém, nem de vestígios de alguém ter estado em casa aquela manhã...  Bocejei. Voltei para a cama, deve ter sido apenas um sonho...

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013


" fear less, hope more, 
eat less, chew more, 
whine less, breathe more, 
talk less, say more, 
hate less, love more, 
and good things will be yours."


– swedish proverb

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Ele me faz tão bem*

Realmente é incrível como se pode nutrir várias emoções e sentimentos tão fortes em relação a uma única pessoa... Nunca senti algo assim. É intenso e vibrante, algo que me faz sentir tão bem. Ele faz-me sentir uma mulher sensual, confiante, sexy, capaz de fazer e ser tudo o que quero e sonho. Faz-me sentir bem, especial, amada, protegida, a mulher mais feliz deste mundo. 

Só ele é que consegue fazer-me sentir assim. Ele ama-me, eu sinto-o. Sinto-o na forma como me olha, como me sorri e como me beija; na forma como me abraça, como passa as mãos pelo meu pescoço e como me acaricia. Todo ele transpira amor e carinho. Ele não é só o homem da minha vida, é também meu melhor amigo e meu companheiro. 
Ambos, quando nos juntamos, somos capazes do impossível! Temos uma ligação tão forte que há pessoas que a invejam, também querem algo assim. Sim, é verdade que com uma paixão tão forte (e personalidades opostas) que haja uns arrufosinhos de vez em quando, mas isso é como em qualquer relação. Porém nem todos percebem e em vez de tentarem limitam-se a criticar e a julgar pelo que interpretam das situações que observam. A verdade é que nunca vão perceber como ele me faz tão bem.

Posts Mais Vistos: